CONTEÚDO E MÍDIA

Rituais da cultura organizacional alavancam ou bloqueiam a estratégia

 

Por Maria Candida Baumer de Azevedo, novembro de 2018

Na terceira camada do modelo de Geert Hofstede estão os rituais da cultura organizacional. Trata-se das atividades coletivas, tecnicamente supérfluas, mas socialmente essenciais no jeito de ser da empresa.

Entenda mais analisando em profundidade os rituais da cultura organizacional.

Como identificar os rituais?

Os rituais da cultura organizacional, segundo Trice & Beyer, podem ser mais facilmente percebidos, quando analisados segundo seus objetivos:

    • PASSAGEM – acontecem em situações de separação, transição e incorporação, facilitando o convívio social. É o acontecimento que marca uma promoção, a mudança de responsabilidade ou de área. Vão do simples balão de parabéns na mesa do promovido, até a leitura mais formal dos feitos que levaram a promoção com a presença da família;
    • DEGRADAÇÃO – são os rituais que removem pessoas de um status. É a repreensão de um comportamento inaceitável, atitude nociva. É a necessidade de impor limite. Vivi em um cliente a demissão de um executivo que, por roubo, foi preso na mesa de trabalho, algemado e escoltado até sair da empresa, passando na frente de todas as áreas;
    • ENGRANDECIMENTO – é o reconhecimento de quem se mostra comprometido com os valores e princípios da empresa. Quem se comporta da forma desejada tem uma sessão especial cara a cara com gente importante e de menor interação no dia a dia. ‘Você bateu a meta, por isso vai almoçar com os conselheiros’;
    • RENOVAÇÃO – fortalece as estruturas sociais existentes melhorando seu funcionamento. Atua como reforço e legitimação dos sistemas de poder e autoridade existentes. Os momentos de interação com a alta liderança, café com o presidente, comitê de liderança, janelas de visibilidade;
    • REDUÇÃO DE CONFLITO – busca, como o próprio nome diz, reduzir conflitos para abafar a questão. Este tipo de ritual desvia a atenção da solução do problema, isolando-o de modo que não mais interrompa o equilíbrio das relações sociais. Em projetos que já executamos encontramos alguns exemplos recorrentes e tristes.
    • INTEGRAÇÃO – funciona como forma de aproximação dos membros revivendo sentimentos comuns que os une e os comprometem com o sistema social. Aqui entram os programas de integração dos recém contratados, as iniciativas corporativas ou locais de boas-vindas e integração de quem muda de unidade, área ou localidade.
Como acontecimentos se tornam rituais da cultura organizacional?

Nossa experiência mostra que, para ser um ritual, é preciso:

  • TER SIGNIFICADO – as pessoas se identificam com aquele acontecimento positivamente
  • GERAR EMOÇÃO – o sentimento experimentado ali é marcante gerando desejo de repetição ou repulsa (sim, podem existir rituais negativos)
  • GERAR EXPECTATIVA – é esperado, ‘dá água na boca, o coração palpita’
  • SER TOP OF MIND – tem elevado nível de menção espontânea
  • TER IMPACTO – o cerimonial gera UAU nos participantes
  • TER CONSEQUÊNCIA – produz alto residual, gera consequências inspiradoras

Esses requisitos ajudam a desafazer uma confusão bastante comum, a de que rituais e festas seriam sinônimos. Algumas festas atendem aos requisitos acima. Por outro lado, há eventos que se resumem a boas festas, sem atender a nenhum dos requisitos acima.

Aprofunde-se nas demais camadas, entenda mais sobre símbolosheróispráticas e valores. Para que um ritual tenha força, ele precisa ser recorrente e encontrar eco de suas mensagens nas outras camadas culturais.

Quer saber mais?

Assista a esse TED e descubra um ritual simples de ser implantado hoje https://www.youtube.com/watch?v=iE9HMudybyc

Quer aprofundar sua reflexão?

Faça uma matriz cruzando todos os acontecimentos, positivos e negativos, recorrentes da sua empresa. Pontue cada um deles segundo os requisitos de um verdadeiro ritual. Defina um formato de pontuação e aplique na sua matriz. O que os mais importantes estão te contando sobre a sua cultura? O quanto isso é conforme ou divergente da estratégia de longo prazo da sua empresa?

Produtos relacionados