CONTEÚDO E MÍDIA

O Futuro do Trabalho

 

A pesquisa foi nomeada de Futuro do Trabalho: Como a onipresença da tecnologia está despertando valores humanos na relação com trabalho.

Juntos, eles quiseram trazer análises mais confiáveis para o presente, respondendo as seguintes perguntas:

Será o fim dos trabalhos tradicionais?

Como a educação se adequa em uma realidade onde as definições de trabalho já não são mais as mesmas?

Onde ficam as competências humanas no futuro?

Já existe um imaginário que está fervendo sobre como a tecnologia poderia substituir posições de trabalho humano e como o excesso de tecnologia pode impactar nas relações e na educação do futuro. As prioridades estão mudando e isso, com certeza, afeta o futuro do trabalho.


A pesquisa aprofunda a análise a partir dos seguintes temas:

O consumidor, educação, academia, carreiras, workspace, remuneração, futuro e finaliza com recomendações.

Hoje, vamos falar mais sobre Carreiras.

Olhando pra frente, precisamos falar sobre a mudança que já estão fazendo os Millenials no mercado de trabalho. Busca por propósito, bem-estar e flexibilidade são as prioridades deles. Assim, as próximas gerações que seguirem irão abrir portas para atividades on demand.

De acordo com a pesquisa, até 2020, 40% dos trabalhadores americanos serão independentes (freelancers). O que significará uma autonomia para escolher aquele job ou não, enquanto abrirá nova forma de contrato das empresas e não mais o trabalho das 8h as 18h.


Millenials querem experimentar o novo.

Ficar num só lugar pode ser limitação para suas experiências, portanto eles irão mudar de empresa ainda mais rápido. Viveram vendo seus pais em trabalhos fulltime o que lhes pareceu não combinar vida pessoal e profissional. E eles querem mudar isso.

Eles almejam a capacidade de conciliar a vida pessoal e profissional e para isso, a atuação como freelancer os deixa ainda mais livres. Quantas pessoas você conhece, que pode ser até de uma geração atrás, infeliz no trabalho ou está a ponto de um burnout pois não consegue conciliar as duas coisas?

As plataformas de talentos online como LinkedIn, TaskRabbit já estão ajudando os profissionais a se conectarem com oportunidades de trabalho que tenha a ver com as habilidades e perfil nos EUA. Os profissionais se beneficiam porque eventualmente podem trabalhar para diferentes empresas sem necessariamente estarem obrigados a ficar nelas.

O trabalho remoto é outro tópico abordado na pesquisa. A medida que o trabalho vem se tornando global e internacional, pode ser feito de qualquer lugar, as plataformas que gerenciam essas equipes vão ganhar seu espaço. Por si só, gerenciar não só as atividades, mas também o desenvolvimento dos profissionais se torna um desafio.

Essa estratégia para conectar o capital humano da empresa com seu propósito e objetivos é uma reflexão importante para o futuro.

‘Nos Estados Unidos,dois terços dos CEOs dizem que planejam dedicar mais atenção ao desenvolvimento do fluxo de talentos e aos futuros líderes de sua organização, e 78% diz em esperar mudanças na forma como a empresa administra talentos no futuro próximo.’


A empatia.

Para os Millenials, as pessoas estão em primeiro lugar e essa é uma das características que mais os destacam das gerações anteriores. Os valores pessoais e morais influenciam muito mais as decisões profissionais. Comisso, a cultura que não conseguir colocar na prática os valores estampados na parede, estará fora da lista dessa geração.

Eles acreditam que as empresas devem se desenvolver a partir de uma causa e não somente para dar lucro. Isso também muda a forma deles verem o ascensão da carreira.

Eles querem que as empresas ofereçam oportunidades de aprendizado, o que conecta com a necessidade de novas experiências, e que eles tenham mais feedback e mentoria para que o crescimento seja mais rápido.

Muitas coisas irão mudar, ou já estão mudando nessa nova geração. Por isso, nós, como líderes, RH e provocadores não podemos deixar essa discussão de lado na empresa.

Querem conhecer os outros aspectos dessa interessante pesquisa, é só entrar no site: https://www.futurodotrabalho.co

Fiquem à vontade para comentar ou envi ardúvidas, será um prazer conversar com você.

Até a próxima!